Novo Endereço do Blog Cantinho Alternativo



Atenção


O blog Cantinho Lúdico mudou de endereço, acesse e confira:


http://cantinholudicodagreice.blogspot.com.br/



2 de dez de 2007

Consciência Negra

Para dar início aos trabalhos sobre a Consciência Negra escolhi contar a história: Anjo Negro da Professora Neusa:

ANJO NEGRO

Os meninos da Terra são muito estranhos. Eles julgam os anjos pela cor. Gabriel, quando desceu a Terra, sabia disso e se precaveu. Sabia que iria sofrer esse preconceito e cada amiguinho iria querer vê-lo de uma forma. Se fosse preciso ele transformaria seu corpo com sua energia de anjo. Logo que chegou a Terra, uma menina percebeu sua presença. Percebeu também que ele não tinha cor. Seu corpinho era lindo. Seu rosto, suas asas, tudo transparente. Uma transparência maravilhosa. Ela olhou para ele e disse:

-Acho que é um anjo. É sim, um anjinho, mas não deve ser dos bons, se fosse seria vermelho e se fosse vermelho acharia minha boneca.

O anjinho mentalizou, vibrou, pôs energia na sua vontade e se tornou vermelho. Encontrou a boneca da menina. Despediu-se e seguiu seu caminho.

Depois de muito voar, encontrou um menino que disse:

- É um anjo. Mas anjo vermelho eu nunca vi. Bem que poderia ser um anjo verde, anjo da esperança. Então ele iria tirar minha pipa de cima daquela árvore.

O anjinho mais uma vez vibrou e tornou-se verde. Voou até a árvore e libertou a pipa do menino. Achou que aquela cor estava um tanto estranha mas seguiu seu caminho. Voou mais um pouco e novamente encontrou outro menino. Esse olhou para ele com olhos de quem não estava acreditando e falou:

- Que anjo estranho. Talvez seja dessa cor para confundir-se com a mata. Não é feio, mas eu gostaria de um anjo azul... da cor do céu. Sendo azul, ele poderia entrar naquele canal e pegar minha bola que caiu lá dentro.

O anjinho mentalizou a cor azul, um azul muito bonito da cor do céu e no mesmo instante lá estava ele azul e com a bola debaixo da asa. O menino, muito educado, agradeceu ao anjo Foi então que o anjo ouviu um chorinho. Era uma menina. Seu irmão tentando consolá-la disse:

- Não chore, olha, é um anjo.

Com os olhos ainda cheios de lágrimas, ela respondeu:

- Ainda que fosse um anjo preto, eu acreditaria que minha mãe está no céu. O homem mau falou que negro não entra no céu porque anjo é loirinho de olhos azuis.

O anjo comoveu-se ao perceber que o menino negro e sua irmãzinha eram órfãos. Não poderia trazer de volta aquela mulher como fez com a boneca, a pipa e a bola mas naquele momento, ele pôs toda sua energia na vontade de ser preto e se tornou o anjo negro. Para sempre... O anjo de todos os Meninos que sofrem o preconceito da cor.



O anjinho foi confeccionado com o gargalo de garrafa pet e a asa com o mesmo material da garrafa, colei papel e plástico colorido nas asas com as corres correspondentes. Para o anjinho mudar de cor da orla coloquei papel amassado das cores do anjinho pelo fundo da garrafa.

À medida que a história era contada ia mudando as cores dos papéis e a cor das asas. Foi muito interessante e as crianças gostaram bastante.

Agradeço a professora Neusa da comunidade Escola Sem mimeógrafo pela história e pela idéia de fazer o anjinho com garrafa pet.

Dica de lembrancinha de fim de ano:

Fazer montagens com fotos das crianças.

Entre nesse site tem vários modelos de montagens:

http://www.montafoto.com

Image Hosted by ImageShack.us

4 comentários:

Pathy_ Araujo disse...

Na nossa escola contamos a história da Menina bonita do laço de fita com fantoches feitos com caixas de leite, as crianças não se esquecem desta história, mas fiquei emocionada com a história do Anjo Negro e guardarei com muito carinho para o proximo ano...
Parabéns!

Anônimo disse...

adorei o cantinho ''meu picasa"vi que lá tem algumas dicas de livros estou procuranda a coleção portão do saber da editora positivo da educação infantil será que voce consegue para mim?queria muito dicas para organizar minha sala no incio do anocomo por exemplo quem veio hoje?,ajudante do dia,calendario movel etc feitos em eva desde já muito obrigada voce me ajuda muito umabraço e muita saude

Cleusa Regina Moura disse...

Fiquei emocionada quando vi que você trabalhou a minha historia "Anjo Negro". Sempre adorei os seus trabalhos. Desculpe-me a correção, mas meu nome é Cleusa Regina.
Adorei seus anjinhos. Ficaram melhores que os meus.
Beijos.

Anônimo disse...

Na minha creche eu fiz os anjinhos de feltro e a professora da sala de leitura fez as crianças e um avental. Contamos a história com o avental. Ficou lindo! Muito obrigada. Cláudia Alice

Visitas:

Seguidores

Política de privacidade

Este blog pode utilizar cookies e/ou web beacons quando um usuário tem acesso às páginas. Os cookies que podem ser utilizados associam-se (se for o caso) unicamente com o navegador de um determinado computador. Os cookies que são utilizados neste site podem ser instalados pelo mesmo, os quais são originados dos distintos servidores operados por este, ou a partir dos servidores de terceiros que prestam serviços e instalam cookies e/ou web beacons (por exemplo, os cookies que são empregados para prover serviços de publicidade ou certos conteúdos através dos quais o usuário visualiza a publicidade ou conteúdos em tempo pré determinados). O usuário poderá pesquisar o disco rígido de seu computador conforme instruções do próprio navegador.