Novo Endereço do Blog Cantinho Alternativo



Atenção


O blog Cantinho Lúdico mudou de endereço, acesse e confira:


http://cantinholudicodagreice.blogspot.com.br/



1 de jul de 2014

Qual a idade certa para um intercâmbio?


Não é fácil saber qual momento é o ideal para investir em uma viagem ao exterior para aprender ou melhorar um idioma. Os pais devem trabalhar essa decisão junto com o interesse da criança em provar dessa nova experiência.

As empresas de intercâmbio já apostam em cursos destinados a crianças com idade a partir dos 7 anos, eles viajam em grupos com adolescentes de até 17 anos. Algumas famílias acreditam que essa experiência fortalece o amadurecimento, a auto-confiança e coloca o filho diante de situações que farão ele aprender a se socializar e a se virar “sozinho”.


É inegável que uma viagem para outro país traz inúmeras possibilidades de crescimento pessoal. O contato com outra cultura, o uso da língua estrangeira, a prática do idioma e a socialização inerente ao ambiente do ensino, sala de aula, novos amigos, troca de informações e enriquecimento didático.
Não há fórmula mágica para saber qual o momento ideal para enviar o filho para um curso no exterior. É conveniente compartilhar desse plano com a própria criança, para que o sonho de passar por essa novidade não seja apenas reflexo da vontade dos pais. Porém é certo que na maioria das vezes eles ficam ansiosos com a possibilidade de tal viagem.

O comportamento do pequeno estudante também deve ser levado em consideração, há crianças que naturalmente tem uma desenvoltura que permite se jogar no que é novo, em desvendar caminhos, outras, mais introspectivas, não estão ainda, dispostas a tais exposições. Respeitar esse ritmo é salutar, já que cada uma tem sua pessoal velocidade de desenvoltura.

Antes de tudo, a empresa de intercâmbio deve ter uma boa reputação e você deve ter confiança nos serviços que ela oferece, isso facilmente é pesquisado através de sites e blogs de estudantes que já passaram por tal experiência. A questão burocrática de documentação deve ser feita com antecedência, o seguro viagem internacional, os comprovantes de estadia e da escola de idiomas, tudo será exigido na entrada do país escolhido. O seguro servirá também caso a criança precise de algum atendimento médico no estrangeiro.

Outro ponto importante é a acomodação durante o curso. As duas possibilidades são bem distintas e oferecem variados tipos de situações, em casa de família ou em residências estudantis. Geralmente o pacote do curso de línguas já inclui a estadia que une o grupo de viajantes, liderado por um profissional da empresa brasileira que viaja junto com a turma. São residências destinadas aos alunos de fora do país, com quartos individuais ou em grupos, separados de acordo com a idade, com cozinha coletiva e geralmente próximas à escola de línguas.


O intercâmbio teen, como é chamado para essa fase da adolescência, é realizado frequentemente no período de férias escolares no Brasil, o que significa um período curto de 4 semanas. Portanto, não tão longo tempo, e o fato da maioria dos países oferecer segurança e uma estadia tranquila já acalma a ansiedade dos pais.

0 comentários:

Visitas:

Seguidores

Política de privacidade

Este blog pode utilizar cookies e/ou web beacons quando um usuário tem acesso às páginas. Os cookies que podem ser utilizados associam-se (se for o caso) unicamente com o navegador de um determinado computador. Os cookies que são utilizados neste site podem ser instalados pelo mesmo, os quais são originados dos distintos servidores operados por este, ou a partir dos servidores de terceiros que prestam serviços e instalam cookies e/ou web beacons (por exemplo, os cookies que são empregados para prover serviços de publicidade ou certos conteúdos através dos quais o usuário visualiza a publicidade ou conteúdos em tempo pré determinados). O usuário poderá pesquisar o disco rígido de seu computador conforme instruções do próprio navegador.